Hollywood em Ebulição: Um final de semana histórico para o cinema

Hollywood em Ebulição: Um final de semana histórico para o cinema

Prepare-se para um fim de semana explosivo nas bilheterias. Com os filmes Barbie e Oppenheimer chegando aos cinemas em todo o mundo, as salas de cinema prometem ficar mais cheias do que nunca.

Mesmo com greves em Hollywood, os lançamentos têm previsão de arrecadar mais de US$ 260 milhões só na inauguração, demonstrando o apelo duradouro do cinema — e oferecendo um alívio para a indústria.

Dobradinha: Os espectadores já estão planejando sessões duplas, ansiosos para vivenciar ambos os filmes em uma única ida ao cinema — com um jantarzinho no meio.

Para se ter uma ideia da relevância

Margot Robbie como “Barbie” já ultrapassou o sucesso de “A Pequena Sereia” da Disney. Nos EUA e Canadá, o filme tem previsão de arrecadar $90 milhões a $125 milhões, com a Warner Bros projetando de forma conservadora $75 milhões em 4.200 salas de cinema.

Internacionalmente, o filme da boneca mira em cerca de $165 milhões, visando mercados-chave como Brasil, Coreia, Austrália, China, Reino Unido e outras bilheterias na Europa.

Por outro lado, “Oppenheimer,” a primeira obra de Christopher Nolan pela Universal, deve arrecadar — de imediato — quase US$ 100 milhões ao redor do mundo. Isso é excepcional para um filme adulto de três horas e focado em diálogos. 

Bottom-line: Se várias marcas estão faturando com em cima do mundo cor-de-rosa da Barbie, a Mattel — dona da boneca — deve lucrar quase $1 bilhão em 2023.