WhatsApp apresenta nova função: como editar mensagens já enviadas?

WhatsApp apresenta nova função: como editar mensagens já enviadas?

WhatsApp liberou novas atualizações para testadores do aplicativo Beta. Dentre as mudanças, os usuários podem testar o recurso de edição de mensagens até 15 minutos depois do envio.

Segundo informações, o prazo estipulado teria sido definido com base na “integridade” das conversas e visa corrigir erros de digitação, como quando acontece com as alterações automáticas feitas pelo corretor.

  • Conheça os novos dispositivos com Alexa: Echo Pop! Novo design elegante com som envolvente. Em oferta e com opções de frete grátis. Clique aqui!

Segundo informações, o prazo estipulado teria sido definido com base na “integridade” das conversas e visa corrigir erros de digitação, como quando acontece com as alterações automáticas feitas pelo corretor.

Apesar do recurso útil, o aplicativo vai dedurar quando houver mudança no texto para todos os outros participantes da conversa. Vai rolar até o horário certo da edição.

A edição das mensagens enviadas no WhatsApp é bastante intuitiva. Basta tocar e segurar a frase por alguns instantes.

Na sequência, a opção “Editar” ficará disponível no app. No Android, será preciso clicar primeiro no ícone de três pontos no topo da tela.

Por fim, é só escrever a nova mensagem e selecionar o botão de “Enviar”. Tudo certo.

Ainda que o recurso permita as correções de forma ilimitada dentro do período de tempo estipulado, não será possível editar uma mensagem enviada de um dispositivo diferente de onde foi disparada.

Sobre o WhatsApp

WhatsApp é considerado o principal aplicativo de troca de mensagens do planeta. Ele foi criado em janeiro de 2009 pelos engenheiros Brian Acton e Jan Koum.

Além de mandar mensagens escritas, os usuários do WhatsApp podem enviar áudios, vídeos, documentos, fotos e fazer chamadas de vídeo com outras pessoas. Também é possível utilizá-lo pelo computador.

Em fevereiro de 2014, o Facebook se tornou dono do aplicativo, em um negócio que custou US$19 bilhões para a rede social fundada por Mark Zuckerberg.

Apesar de sua imensa popularidade – conta com mais de dois bilhões de usuários, segundo dados de fevereiro de 2020 – o aplicativo também se tornou alvo de algumas polêmicas, especialmente a respeito da propagação de fake news e algumas falhas de segurança.

O aplicativo de mensagem pode ser baixado por usuários dos sistemas operacionais iOS e Android.